Blog

Dia da Abelha: 5 tópicos sobre a importância desses insetos

Por: Adriano Dias, Beatrys Farias e Lohrrany Alvim
08/10/2020 – 16h35
As abelhas são os únicos insetos que produzem alimentos consumidos pelos seres humanos. (Foto reprodução Internet)

 

 

No dia 03 de outubro foi celebrado o Dia da Abelha aqui no Brasil. Apesar de muitos reconhecerem esse inseto pelo Bee Movie ou por aquele inseto que deixa a parte do corpo inchado após a picada com o seu ferrão, este ser tem uma extrema importância em vários aspectos. Fizemos um top 5 para você entender melhor!

 

1 – No ecossistema

A vida das abelhas é crucial para o planeta e para o equilíbrio dos biossistemas. Os especialistas explicam que, na busca do pólen, sua refeição, elas polinizam plantações de frutas, legumes e grãos. Para os insetos, a polinização é indispensável, pois é através dela que cerca de 80% das plantas se reproduzem. Por conta disso, as abelhas afetam a nossa vida diariamente sem que nós nos apercebamos disso.

 

2 – Na agricultura

Na apicultura podemos ter vários produtos, como o mel, que faz parte da nossa alimentação diária e a cera, que é feita pelas abelhas operarias. Ela é matéria-prima e pode ser usada para fabricação de cosméticos e própolis. Todas essas substâncias são ricas em vitaminas. Essa mistura auxilia na diminuição dos sintomas de doenças. A criação de abelhas é um assunto muito importante, pois é um grande gerador de renda para pessoas do meio rural. Mas é importante ressaltar que no caso de ter uma criação de animais, deve manter as abelhas afastadas. Elas podem sobrevoar comedouros, atacar os bichos e impedi-los de comer. O mesmo pode acontecer se ela ficar perto da fonte de água dos animais.

 

3 – Na saúde

As abelhas atuam na produção de substâncias e de produtos importantes para o ser humano, pois muitos deles servem para evitar ou amenizar doenças como gripes e resfriados, cáries e até doenças mais graves como o câncer. O mel possui ação antisséptica e antimicrobiana, por isso age diretamente nos microrganismos que atuam como agentes causadores de gripes, resfriados e dores de garganta, atacando as bactérias que causam a infecção.

 

4 – Na preservação

Você sabia que as abelhas são os únicos insetos que produzem alimentos consumidos pelos seres humanos? Isso mesmo! Além do mel, própolis e geleia, não podemos esquecer do pólen apícola. Mais conhecido como bifinho verde ou filé das flores, o pólen tem mais proteínas que a carne bovina, por exemplo. Ele contém todos os aminoácidos que não podem ser produzidos no próprio corpo e que as pessoas devem tomar com alimentos. Outro ponto importante é que quase 90% das espécies de flores silvestres dependem dos polinizadores, assim como 75% das plantações de alimentos. Por isso, temos que nos empenhar na proteção das abelhas como importantes agentes de polinização!

 

5 – No espírito

Cada animal, ente animado, por menor que seja, tem sua missão neste plano espiritual. Eles nos ajudam em diversas áreas e edificam, cuidam e colorem a Natureza que o Criador nos presenteou. As abelhas, nossas pequenas amigas, cuidam de nós de maneiras diferentes – seja por alimento, por polinização e até mesmo por meios medicinais! “Tudo tem por alvo o progresso, a evolução para a perfeição… não há ente animado por mais insignificante que pareça, por mais microscópico que seja, que não esteja submetido à Lei de Evolução” – Caibar Schutel, A Gênese da alma, pgs 13 e 14. Além de fofinhas, elas nos ajudam e cuidam de nossos Espíritos!

 

Com esses tópicos, fica cada vez mais difícil falar que a abelha é só um bichinho irritante. É como disse, uma vez, Albert Einstein: “Se as abelhas desaparecessem da face da terra, a espécie humana teria somente mais 4 anos de vida. Sem abelhas não há polinização, ou seja, sem plantas, sem animais, sem homens”.

Veja também: Imagens da natureza ajudam a manter o equilíbrio mental

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela