Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /home/radioriodejaneiro.am.br/public/wp-includes/theme.php on line 356  Empresa cria aplicativo para cegos que transforma expressões faciais em sons | Rádio Rio de Janeiro

Blog

Empresa cria aplicativo para cegos que transforma expressões faciais em sons

O Facing Emotions é capaz de converter sete emoções em sete sons diferentes

Aplicativo para celular beneficia deficientes visuais
Aplicativo ajuda deficientes visuais a transformarem expressões faciais em sons. | Foto meramente ilustrativa

 

Você já deve ter visto aqui no blog que a LEGO Foundation está criando um projeto que ensina braille a crianças cegas usando blocos de montar. Mas não é só esta empresa que busca melhorar a vida e o modo de interação dessas pessoas.

A Huawei, empresa multinacional chinesa de equipamentos para redes e telecomunicações, criou um aplicativo que permite que pessoas com deficiências visuais transformem expressões faciais em diferentes sons, facilitando as relações interpessoais. Trata-se do Facing Emotions, um app baseado em Inteligência Artificial capaz de converter sete emoções em sete sons diferentes.

Graças a ele, as pessoas cegas poderão interpretar os sentimentos de raiva, medo, desgosto, felicidade, tristeza, surpresa e desprezo. A Huawei desenvolveu o aplicativo em colaboração com a Polish Blind Association, que se dedica a pesquisar as necessidades das pessoas cegas.

Como o app funciona

Por enquanto, o aplicativo somente está disponível no Huawei Mate 20 Pro, um celular que é caracterizado pelo seu processador projetado para Inteligência Artificial. Para começar a usá-lo, basta acionar a câmera traseira para escanear o rosto da pessoa com quem está falando e identificar características diferentes, como olhos, sobrancelhas, nariz ou boca, bem como as posições entre eles.

A Inteligência Artificial aplica o aprendizado automático para que pessoas com deficiências parciais ou totais de visão sejam capazes de identificar a expressão facial do seu interlocutor. Um algoritmo é responsável por interpretar as emoções e transformá-las em sons em tempo real.

Os clipes de som são obra do compositor Tomasz Bilecki e, segundo a Huawei, são “curtos, concisos, simples e não invasivos para o usuário e seu ambiente”.

Não é a primeira vez que a Huawei desenvolve aplicativos para pessoas com algum tipo de deficiência. A empresa chinesa já criou o StorySign, que permite que crianças surdas leiam livros infantis em linguagem de sinais com seus pais.

Para curtir séries e filmes

A HBO lançou o HBO Inclusion, um app especial voltado para deficientes visuais e auditivos, que adiciona recursos de audiodescrição e legendas adaptadas. A tecnologia foi desenvolvida pela Universidade Carlos III de Madri, na Espanha, e pela WhatsCine, e tem o objetivo de ampliar o acesso de pessoas com deficiência ao universo audiovisual, para que elas possam desfrutar com autonomia e sem necessidade de interferência na experiência de outros espectadores.

O Brasil é o primeiro mercado da América Latina a receber a novidade e alguns conteúdos já estão disponíveis com os recursos extras. O software pode ser baixado na Play Store e App Store e sincronizado com uma assinatura HBO/Max da TV por assinatura ou plano da HBO GO.

Ao longo do oitavo ano do show, os novos episódios adaptados serão disponibilizados alguns dias após a transmissão pelo canal fechado.

“Na HBO temos a missão de contar histórias que oferecem entretenimento de qualidade e que também levantem debates sobre temas importantes da atualidade. Nosso conteúdo representa uma diversidade enorme de pessoas e situações e, por isto mesmo, queremos torná-lo acessível para cada vez mais gente”, comenta Flavia Vígio, vice-presidente de comunicação corporativa da HBO Latin America.

O recurso da audiodescrição oferece, por meio de uma narrativa em áudio inserida entre os diálogos, uma explicação dos cenários, personagens, formas, cores e detalhes da ação. Já a legenda adaptada permite ao usuário uma visualização nítida, com ajuste de tamanho e aumento do contraste. A HBO vai expandir gradativamente o conteúdo disponível para acompanhamento de algumas das suas séries e filmes com o uso do aplicativo.

Redação por Lohrrany Alvim

02/05/2019 – 09h45

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela