Blog

Filme sobre médium brasileiro Divaldo Franco estreia amanhã em todo o Brasil

Filme Divaldo - O Mensageiro da Paz
O diretor, Clovis Mello, afirma que a produção é um filme de época para a geração de hoje.                  Fox Filmes/Divulgação.

 

A vida do líder espírita Divaldo Franco, reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade virou filme e vai estrear amanhã (12). O filme “Divaldo mensageiro da paz” passa por três fases da vida do líder espírita. Quem vive a pele do médium são os atores, João Bravo (na infância), Guilherme Lobo (na juventude) e Bruno Garcia (na vida adulta).

O enredo vai abordar desde a infância de Divaldo, quando ele descobre que consegue ver e conversar com espíritos. Com isso, o jovem passa a sofrer com a rejeição dos colegas de escola, da igreja e do próprio pai.

Conversa com o elenco

O diretor do longa, Clóvis Mello, conversou o apresentador Marcelo Gonzales e disse que o filme focou muito na obra psicológica de Joanna De Ângelis, a mentora espiritual de Divaldo. “Esse filme, além da história mais maravilhosa do Divaldo e além de apresentar doutrina espírita de uma forma intensa, ele traz essa psicologia para as pessoas que precisam tomar remédio para dormir e energético para acordar. Então esse é um filme para essa geração, é um filme de época para geração de hoje”, afirmou.

A mentora Joanna de Ângelis é vivida na grande tela pela atriz Regiane Alves. Ela conversou com a emissora da fraternidade e disse que foi escolhida a dedo pelo médium Divaldo para viver a personagem. Sabendo da responsabilidade, ela abraçou essa missão e esclareceu a experiência. “Foi muito modificador na vida de todo mundo fazer esse trabalho. Depois que a gente [o elenco] conseguiu assistir o filme pensamos muito em como o projeto tocou os nossos corações e que realmente foi mais uma missão ter feito esse trabalho”.

 

Atriz Regiane Alves encarnada no papel de Joanna de Ângelis – Foto: Fox Filmes/Divulgação.

 

Dividido em 3 fases, o ator  Guilherme Lobo é quem vive o médium na juventude. Na pré-estreia, a Rádio Rio de Janeiro estava presente, com o apresentador Marcelo Gonzales, e o ator confessou a ele que é um privilégio fazer parte de obras que inspiram. “É muito bom enquanto ator ter a oportunidade de fazer parte de obras que não sejam mero entretenimento. É importante ter entretenimento, mas, você poder fazer parte de uma obra que tem uma função além do mero sorriso, mero conforto do mero lazer numa sala de cinema é raro”.

 

O ator Guilherme Lobo, à esquerda, e Divaldo Franco, à direita — Foto: Fox Filmes/Divulgação.

 

O ator Bruno Garcia também vive o médium, mas na fase adulta. Ele disse que é desafiador interpretar personagens reais, isso porque os atores costumam encenar pessoas que saíram da mente de um roteirista. No entanto, para Bruno foi ainda mais desafiador viver Divaldo, pois além de ser uma pessoa real o ator sentiu a responsabilidade que é o trabalho magnífico do médium.

 

O ator Bruno Garcia no papel de Divaldo Franco — Foto: Fox Filmes/Divulgação.

 

Bruno Garcia deixou uma mensagem aos ouvintes da Rádio Rio de Janeiro que vão ver e explica a mensagem que o longa pretende passar. “Eu diria que é uma grande oportunidade para encontrar ou reencontrar o amor. Mas o amor incondicional aquele amor ágape, o Amor de qual Jesus Cristo tanto falou. Esse filme tem uma mensagem muito profunda e muito verdadeira sobre o que de fato pode ser o amor.”

O filme Divaldo, o mensageiro da paz estreia nesta quinta feira (12) nos cinemas brasileiros. Confira em nosso Facebook a cobertura completa da pré-estreia do longa. Veja ainda a reportagem do Arte e Lazer no Almanaque Rádio Rio de Janeiro sobre o filme.

 

Redação por  Jhade Marinho

11/09/2019 – 16h00

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela