Blog

Grupo de teatro oferece oficinas inclusivas para deficientes intelectuais

Grupo Teatro Novo reunido | Foto reprodução do Facebook

 

Para promover a inclusão social, o Grupo Teatro Novo oferece oficinas teatrais para pessoas com deficiência intelectual (autistas e portadores de Síndrome de Down). Localizado no Aero Clube de Charitas, em Niterói, Região Metropolitana do Estado do Rio de Janeiro, a equipe é dirigida pelo psicólogo Rubens Emerick Gripp.

Ele conta como é estar à frente das oficinas. “A sensação é única porque cada apresentação é diferente da outra, por ser improvisada. É fantástico por perceber o crescimento e o interesse pela vida que os atores tomam”, relata.

As exibições, desenvolvidas pelos próprios integrantes do teatro, abordam temas como cidadania, preconceito, trabalho ou segurança do trabalho com uma linguagem simples e acessível. Para dar apoio ao conjunto teatral, irmãos, parentes e atrizes ajudam a coordenar as oficinas. Pessoas que têm deficiência física e visual podem participar do projeto, desde que estes possuam também deficiência intelectual.

Como tudo começou: o surgimento do Teatro Novo

Em 1999, foi criado o Teatro Novo, onde jovens de todos os lugares eram atendidos. Entre 2000 e 2005, a companhia esteve no Sesc Niterói oferecendo peças teatrais e apresentações para escolas e o público em geral. Em seguida, foi para o Teatro da UFF. Depois, no Teatro Niemeyer. Já na cidade do Rio de Janeiro, o grupo oferece atividades no Cacilda Becker, no Catete, há 19 anos. Enquanto em Botafogo, eles atendem na faculdade de dança Angel Vianna. Em Niterói, atualmente eles dirigem o curso no Aeroclube de Charitas.

Em 2011, o Teatro Novo ganhou a premiação Rio SocioCultural do Estado, um evento que visa premiar, a cada ano, dez ações socioculturais em todo o Rio de Janeiro, realizadas por pessoas e empreendimentos que possuem poucos recursos.

Experiências do grupo teatral no exterior

A companhia já se apresentou não apenas nas cidades brasileiras como também no Teatro Municipal de Bogotá, capital da Colômbia; Peru; e no Kennedy Center, em Washington, nos Estados Unidos.

Pré-adolescentes, adolescentes e adultos podem participar das oficinas. Além disso, aqueles que tiverem mais capacidade cognitiva viajam e fazem parte do conjunto principal.

Segundo o diretor da turma, vai fazer uma apresentação no Teatro Cacilda Becker em março. Ainda conforme ele, o grupo busca apoio via Lei Rouanet para uma série de 20 apresentações pelos estados brasileiros. A peça é uma adaptação do livro “A Menina que Roubava Livros”.

Para mais informações

Os telefones do Teatro Novo são: (21) 99801-4045 / (21) 98510-4880. O contato também pode ser feito por e-mail, pelo rubensgripp@oi.com.br. O endereço do Charitas Aero Clube é: Avenida Prefeito Silvio Picanço, número 463, em Niterói, RJ.

Facebook: https://www.facebook.com/GrupoTeatroNovo/

Redação por Bruna Moura

11/02/2019 – 14h00

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela