Blog

Guarda Municipal do Rio inicia campanha de adoção de cinco cães aposentados

Segundo a Prefeitura do Rio, Para levar os cães veteranos para casa, os interessados vão passar por um processo de seleção rigoroso

Por: Adriano Dias
18/10/2020 – 10:20


Todos os cinco animais estão adestrados e vacinados, de acordo com a Prefeitura. (Foto reprodução Internet)

Nos últimos meses, acompanhamos várias transformações no nosso modo de lidar com a vida e com aqueles que estão ao nosso redor. Podemos dizer também que houve um crescimento considerável de busca por um bicho de estimação. Seja um cãozinho ou um felino, é sempre gratificante poder contar com bichinho fofo, não só para suprir uma necessidade física mais, também, para gerar carinho e afeto com aquela família que o acolheu.

Diante disso, a Guarda Municipal abriu, no início do mês, uma campanha para buscar um lar para cinco cães que foram aposentados das chamadas atividades laborais.

A entidade disponibilizou quatro cães da raça pastor belga-malinois – São duas fêmeas e dois machos: Aldo e Ambar, de 10 anos; Iana, e Iankee, com 8 anos. A outra é uma cadela da raça pastor alemão: Garra, de 11 anos.

Histórico de Lutas

Esses pets começaram a trabalhar a partir do primeiro ano de vida e se aposentaram na chegada ao sétimo ano de vida – média geral entre os bicho que realizam este tipo de atividade.  Geralmente, a prioridade de adoção é sempre do guarda que trabalhou com o animal. Mas muitos, por já terem três, quatro, cinco cachorros de grande porte em casa, não têm condições de adotar. Depois, o processo é aberto para guardas do GCG ou de outras unidades da GM-Rio e também para cidadãos.

Segundo o subinspetor Wanderson Semud, esses cinco cães foram companheiros de trabalho de Guarda durante muitos anos. “Eles se dedicaram integralmente à GM. Nada mais justo que ele possam ser adotados por pessoas capazes de oferecer muito carinho nesta nova etapa que se inicia em suas vidas” ressalta Semud.

Processo de adoção

Segundo a Prefeitura do Rio, Para levar os cães veteranos para casa, os interessados vão passar por um processo de seleção rigoroso, avaliados por guardas que convivem com os cães desde os primeiros anos de vida e querem o bem deles. São realizadas entrevistas com os possíveis novos donos, onde são avaliadas as condições da casa e o perfil do candidato. Depois, são realizados encontros com os cães para verificar se haverá entrosamento entre os dois. Os escolhidos assinam um termo de responsabilidade e terão que dar garantias de que eles não trabalharão mais. Após esse processo, os cães são encaminhados para os novos donos.

Ah, se por ventura, você tiver alguma desconfiança sobre a situação sanitária deles, pode tratar de esquecer. O veterinário André Rocha assegurou que todos os cinco cães estão com a vacina em dia e todos estão adestrados.

Se você quiser se candidatar, basta entrar em contato com o Grupamento de Cães de Guarda (GCG) pelo e-mail: canilguarda@gmail.com ou pelo telefone 3234-1057, das 9h às 16h.

 

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela