Blog

Instagram oferece ajuda a usuários com depressão e ansiedade

Ao pesquisar #ansiedade ou #depressão, o usuário do Instagram é direcionado para serviço de apoio à saúde mental

 

Nova funcionalidade do Instagram ajuda quem tem ansiedade e depressão
Instagram apresentam nova funcionalidade | Foto meramente ilustrativa

 

As redes sociais exercem uma forte influência na vida do ser humano moderno. É cada vez mais comum encontrar pessoas conectadas por todos os lugares. Mas toda essa facilidade tem um lado ruim. Algumas pessoas se tornam dependentes dessas redes. E esse vício pode se tornar prejudicial à saúde física e mental do ser humano, principalmente dos jovens, que são os que mais ficam online.

De acordo com um estudo da Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, quanto mais tempo ficamos imersos no mundo online, maior o risco de desenvolver sintomas de depressão e ansiedade. Outra pesquisa realizada pela instituição de saúde pública do Reino Unido, Royal Society for Public Health, avaliou o Instagram como a rede social mais prejudicial à mente dos jovens. Segundo o estudo, nos últimos 25 anos, as taxas de ansiedade e depressão aumentaram 70% entre as pessoas de 14 a 24 anos.

Por conta desse resultado, o Instagram decidiu tomar medidas para tentar reverter esse quadro. Agora o usuário que pesquisar as hashtags #ansiedade ou #depressão na aba “Explorar” vai ver a seguinte mensagem: “Publicações com as palavras ou tags que você está procurando muitas vezes incentivam um comportamento que pode fazer mal a uma pessoa ou até levá-la à morte. Se você está passando por uma situação difícil, gostaríamos de ajudar”.

Após o aviso, o usuário tem duas opções: “obter apoio” e “ver a publicação mesmo assim”. Ao clicar em obter apoio, o usuário é direcionado para uma página que lhe oferece três possibilidades: “fale com um amigo”, que permite a pessoa enviar uma mensagem ou ligar para alguém de confiança. “falar com um voluntário da linha de apoio”, nesta opção o Instagram disponibiliza o contato do centro de valorização da vida.

O usuário vai poder ligar ou enviar uma mensagem para um atendente especializado do CVV, que é um órgão responsável por ajudar de forma gratuita pessoas que sofrem com depressão e ansiedade, por meio de chat, telefone ou e-mail durante 24h. A última opção é “receba dicas e apoio” que estimulam a autoajuda com dicas práticas para serem feitas no dia a dia, como: sair ao ar livre, ser criativo, relaxar…

Sintomas da ansiedade e da depressão

Pesquisas comprovam que as redes sociais influenciam a depressão
Estudos comprovam que as redes sociais influenciam a depressão e ansiedade | Foto meramente ilustrativa

 

A ansiedade é um tipo de emoção comum do ser humano. É normal ter esse sentimento antes de fazer uma prova, diante de situações difíceis, quando você está aguardando uma notícia. Mas quando essa ansiedade se torna exagerada e começa a prejudicar o desempenho do ser humano, pode ser um sinal de alerta. Alguns sintomas podem significar que você está com transtorno de ansiedade. Portanto, é sempre bom ficar atento aos sinais. Veja abaixo alguns sintomas:

-Nervosismo

-Insônia

-Aperto no coração

-Tensão nos músculos

-Dificuldades de concentração

-Alterações de humor de forma repentina

-Aumento do suor

-Preocupação e medo extremos em situações comuns do dia a dia

Já a depressão é uma doença mental que causa uma baixa autoestima e uma angústia profunda na pessoa, fazendo com que ela não sinta mais vontade de fazer atividades que antes eram prazerosas. Alguns sintomas da depressão são:

-Desânimo

-Perda ou aumento do apetite

-Sensação de solidão

-Dificuldades de concentração

-Insônia

-Pessimismo

-Ansiedade

Alguns sintomas da ansiedade e da depressão são bem parecidos. Portanto é importante procurar a ajuda de um especialista para tratar a doença da forma correta.

Como ser um voluntário?

Quem quiser ser um voluntário basta ser maior de 18 anos, ter a disponibilidade para realizar plantões de apoio emocional e prevenção ao suicídio, gostar e ter paciência para ouvir as pessoas, além de participar do curso oferecido pela instituição. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do e-mail: saogoncalo@cvv.org.br, whatsapp: (21) 99826-8806, site: www.cvv.org.br ou no próprio local. O curso vai ter início no dia 23 de março, às 14 horas e será realizado no abrigo Cristo Redentor, localizado na Rua Doutor Nilo Peçanha, 320, no bairro Estrela Do Norte.

Redação por Jenneffer Dutra

22/03/2019 – 12h50

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela