Blog

Criatividade: Pintura em barrigas de gestantes no Rio de Janeiro aumenta vínculo entre mamães e bebês

Iniciativa, que pode ser encontrada no Hospital Rocha Faria, enlaça ainda mais o projeto inicial de uma família.

As pinturas são feitas com tintas laváveis, pois não são tóxicas
As pinturas são feitas com tintas laváveis. | Foto: Reprodução Internet

 

Todas as mães sabem que o relacionamento afetivo começa a brotar antes do nascimento da criança. Desde a aceitação da gravidez até a preparação para sua chegada, toda iniciativa para cativar esta relação é bem vinda.  O nascimento é um momento impar para o pontapé da formação de um vínculo familiar. Não dá nem para mencionar a ansiedade que a mãe tem para ver o seu bebê e tê-lo em seus braços. Com isso, um simples ato de criatividade pode ajudar a diminuir a ansiedade das futuras mamães brasileiras.

 

A introdução da arte no processo de gestação

Um método criativo tem chamado atenção das futuras mamães que vão buscar atendimento no Hospital Rocha Faria, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Através da chamada pintura gestacional, o que era uma simples barriga de mulher grávida se tornou um projeto de traços e cores que eleva a importância da expectativa e pode fazer a mãe levar a gravidez na mais absoluta tranquilidade.

Além de dar beleza, o projeto é considerado uma ferramenta de humanização do atendimento.  Especialistas afirmam que a iniciativa aumenta o vínculo entre mãe e criança e relaxa a gestante, que muitas vezes sofre com o estresse e os incômodos normais à sua condição.

Grávida de oito meses, Luciene Diniz relata a boa impressão que a família ficou com a ação realizada no hospital. Ela se sentiu especial com a barriga desenhada.

Esperando a chegada da Allycia, ela classificou como mágico o momento em que ela viu o desenho.

“Parece que ela (a criança) também gostou, ficou animada dentro da barriga”, relata Luciene.

Assim como ocorreu com a menina Allycia, as gestantes preferem que a pintura seja feita na exata posição em que o bebê se encontra na barriga.  Em dois meses de utilização da técnica, cerca de 30 grávidas fizeram essa opção pela “ultrassonografia colorida” no hospital.

Atuando como coordenadora de enfermagem da maternidade do Rocha Faria, Cristina Vivas explica que a pintura pode ser feita em qualquer período da gravidez.  Para fazer os desenhos, que demoram cerca de uma hora para ficarem prontos, as enfermeiras utilizam lápis e tintas atóxicas e específicas para o uso na pele, para evitar alergias nas gestantes. Antes da aplicação, é realizado um teste, com todo cuidado.

 

Como fazer?

Pra quem pensa que essa febre começou agora, a arte gestacional ganhou atenção quando, em 2011, a cantora Mariah Carey divulgou nas redes sociais uma foto de sua barriga pintada. A partir daí, as gestantes começaram a trabalhar suas criatividades e fizeram muitas fotos lindas.

Para quem se interessar, aqui vai algumas dicas que são importantes ressaltar:

– As pinturas são feitas com tintas laváveis (tinta guache), pois não são tóxicas e saem facilmente;
– Levam um bom tempinho pra ficarem prontas, em média de 3 a 5 horas;
– A pintura pode ser feita em qualquer idade gestacional, mas, claro que o mais bacana é com o barrigão, por volta das 30/33 semanas.

 

Redação por Adriano Dias

21/01/2020 – 15h07

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela