Blog

Professor prepara e entrega mais de 7 mil almoços para alunos durante confinamento no Reino Unido

Por: Adriano Dias
11/08/2020 – 16h47
Caso inspirador aconteceu na região de Lincolnshire.

 

Um ditado diz de uma forma bem sábia que “Quem tem fome, tem pressa”. Pois bem, este clichê fica mais evidenciado na prática neste momento, em que mundo presencia um aumento considerável da desigualdade social causada pela pandemia de Covid-19. Um fenômeno que é visto, não apenas no Brasil, mas em várias partes do mundo. Mas, na contramão de muitos por aí, um grupo de pessoas se encontra na luta para tentar reverter – ou amenizar – essa situação.

O mais recente caso inspirador vem do Reino Unido, onde um professor utilizou todos os dias do confinamento para preparar e entregar refeições para seus alunos. A informação foi divulgada pelo site Good News Network. Ao todo, foram entregues 7.500 almoços para os alunos mais necessitados. Para o site, o professor afirmou que fez isso pois ficou com medo que seus alunos tivessem dificuldade de comer durante a pandemia.

Durante o período, Zane Powles chegou a preparar 85 almoços diariamente após o fechamento das escolas durante a pandemia de Covid-19. Para que a refeição chegasse aos seus alunos, o professor chegou a andar  12 quilômetros todos os dias fazendo suas rondas por 17 semanas. No total, foram mais de 800 quilômetros ao longo de suas corridas no nordeste de Lincolnshire.

Segundo a estimativa do professor, foram quatro toneladas de comida  entregues durante esse período e todo esse esforço valeu a pena diante da alegria presenciada pelos alunos na hora da entrega destes alimentos.

O professor andava 12 quilômetros todos os dias fazendo suas rondas por 17 semanas e totalizava mais de 800 quilômetros ao longo de suas corridas no nordeste de Lincolnshire. O professor, de 48 anos, estima que ele entregou cerca de quatro toneladas de comida durante esse período, mas disse que tudo “valeu a pena” depois de ver os sorrisos nos rostos das crianças. No último dia 17 de julho, Zane entregou seu último pacote de comida e foi emocionante. A última entrega – carregada de muita emoção – aconteceu no dia 17 de julho.

“Quando comecei essas caminhadas, fiquei preocupado com as crianças e o bem-estar delas e queria ter certeza de poder vê-las todas”, disse Zane, que trabalha na escola primária, no grande porto costeiro de Grimsby. Eu precisava saber se eles estavam seguros, se estavam saudáveis ​​e se tinham acesso a comida.”  afirma o professor ao GNN.

Tudo que vai, volta.

Essa frase de efeito fez sentido total para o professor, pois todo esse ato de bondade teve uma baita repercussão. Zane Powles ganhou o prêmio Inspirational Primary Teacher Teacher em 2019, depois de ter sido indicado por um dos pais. Durante a cerimônia de premiação, ele disse: “Nunca devemos desistir de crianças. Ter uma educação difícil nunca é culpa deles.”

O que Zane nos mostra é que, sim, é possível colocar os outros em primeiro lugar e o professor pode ser muito mais do que um educador, pode ser um agente intermediador entre as crianças e uma sociedade melhor.

 

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela