Blog

Sustentabilidade: Cientistas criam painel solar que poderá ser integrado aos celulares

Por: Adriano Dias
16/01/2021 – 12h45
Projeto desenvolvido por uma universidade da Coreia do Sul pode ser usado em qualquer espaço. (Foto reprodução Internet)

 

Em um mundo onde – infelizmente – se tem mais celulares que pessoas, um carregador se torna uma peça fundamental para que possamos continuar conectados. No entanto, a mesma utilidade que este elemento apresenta para deixar nossos aparelhos com a bateria em dia, também pode causar danos irreparáveis para o meio ambiente por conta do excesso de uso.

Com isso, um recente estudo apresenta detalhes sobre como cientistas da Coreia do Sul elaboraram aquele que pode ser o primeiro painel solar transparente anexado em celulares ou outros eletrônicos móveis. A pesquisa está sendo liderada pela Universidade Nacional de Incheon, segundo informação divulgada pelo portal americano Science Daily.

Segundo a publicação, os cientistas decidiram desenvolver um painel solar que pode ser usado em janelas, vidros de carro, telas de celulares e outros produtos de uso diário, gerando energia diretamente no local.

 

 A formulação do projeto

A matéria explica que os cientistas investiram em dióxido de titânio e óxido de níquel para a criação. De acordo com os desenvolvedores, a combinação dos dois elementos proporciona um método semicondutor eficiente e “amigo” do meio ambiente.

Responsável pelo estudo, o professor Joondong Kim contou que a expectativa é “estender o uso deste design a todos os tipos de materiais, desde edifícios de vidro a dispositivos móveis como carros elétricos, smartphones e sensores”. Ainda segundo ele, a expectativa é que a energia solar vire algo mais acessível ao público.

A equipe afirma na introdução de seu estudo que está animada para levar seu projeto para o próximo nível, usando materiais inovadores como semicondutores 2D, nanocristais de óxidos de metal e semicondutores de sulfeto.

“Nossa pesquisa é essencial para um futuro verde sustentável – especialmente para juntar o sistema de energia limpa com uma pegada de carbono mínima ou nula”, concluiu o professor Kim para o portal.

 

Os danos da bateria convencional ao meio ambiente

Pensando em um mundo sustentável, a torcida é que essa novidade possa ser produzida em massa, pois ela pode reverter um número bem preocupante. Um relatório da União Internacional de Telecomunicações – grupo ligado a ONU – mostra que a criação de um padrão para carregadores externos de energia pode gerar uma redução de 300 mil toneladas de lixo eletrônico por ano.

Se os carregadores seguissem o mesmo modelo, o peso do aparelho ficaria 30% menor, e a vida útil seria estendida. O consumo de energia e a emissão de gases de efeito estufa dos carregadores seriam reduzidos entre 25% e 50%. As principais empresas do ramo trabalham para tentar reverter este processo danoso para o meio ambiente, e essa invenção pode se tornar uma bela aliada no combate à poluição do nosso planeta.

Veja também: Pesquisa comprova que 2021 será mais fresco que 2020

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela