Plantão Rio Notícias

Brasil antecipa e reduz em 34% o consumo de substâncias que prejudicam a camada de ozônio

Enviado em 18 de setembro de 2017 às 12:17 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

O Brasil antecipou resultados na proteção da camada de ozônio, com a redução do consumo de hidro-cloro-fluor-carbonos pelos setores de refrigeração e espumas. O país cortou em 34% o uso desses compostos nocivos. A medida faz parte de um acordo internacional entre países em desenvolvimento. Há 30 anos, foi ratificado com a assinatura do protocolo de Montreal. Esse estrato é responsável por filtrar os raios solares, cuja incidência está associada ao aparecimento de doenças como o câncer de pele e ao aquecimento global. A antecipação do resultado foi de três anos pelo Brasil.

> Voltar

© Copyright 2015 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela