Plantão Rio Notícias

Depósito obrigatório de seguro-desemprego em conta corrente e poupança é adiado para 2020.

Enviado em 28 de maio de 2019 às 15:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador decidiu adiar à medida que garante o depósito obrigatório de seguro-desemprego em conta corrente ou poupança. A proposta do Governo Federal era que a partir do dia primeiro de julho deste ano, todo trabalhador fosse obrigado a se tornar cliente da Caixa Econômica Federal para receber o benefício, sem ter que pagar taxas. De acordo com o governo, a abertura de conta corrente simplificada ou poupança tem como objetivo reduzir o número de fraudes que acontecem, principalmente, com os benefícios requeridos pela internet, já que não há atendimento presencial. Com o saque diretamente no caixa do banco ou em lotéricas, em dinheiro, é mais difícil identificar os golpistas, que forjam documentos e depois não podem ser rastreados.

 

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela