Eletronuclear teme calote no BNDES, Caixa Federal e Eletrobras | Rádio Rio de Janeiro

Plantão Rio Notícias

Eletronuclear teme calote no BNDES, Caixa Federal e Eletrobras

Enviado em 16 de julho de 2018 às 14:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

A Eletronuclear, subsidiária da Eletrobras, não terá como escapar da inadimplência se não rever, até o início de agosto, as condições dos empréstimos da construção da usina nuclear de Angra 3. O presidente da empresa, Leonam Guimarães, disse que não terá caixa suficiente para, no próximo mês, honrar os compromissos de amortização dos financiamentos com Caixa, BNDES e Eletrobras. Para contornar a situação, a Eletronuclear trabalha em três frentes. Uma é assinar um aditivo com a Caixa para ter o prazo de carência de pagamento contado a partir da liberação de recursos e não mais a partir da data de assinatura do contrato. Com esforço para conter despesas, a Eletronuclear conseguiu pagar, no último dia 2, a primeira parcela à Caixa, de R$ 25 milhões.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela