Plantão Rio Notícias

Estudo aponta que Rio não deve cumprir as metas previstas no marco legal do saneamento até 2033

Enviado em 26 de novembro de 2020 às 12:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

O estado do Rio de Janeiro não deve cumprir as metas de universalização dos serviços de água e esgoto até 2033. É isso que determina o Marco Regulatório do Saneamento aprovado pelo Congresso. A previsão é de um estudo realizado pelo Instituto Trata Brasil divulgado nesta quarta-feira. A lei prevê que nos próximos 12 anos 99% da população tenham acesso a água potável e 90% tenham os esgotos coletados e tratados. Apesar disso, os índices no Rio estão abaixo da meta, sendo 90,5% de água e 65 de coleta de esgoto. Para cumprir a lei, deveriam ser investidos quase R$ 3,5 bilhões por ano até 2033. O que representaria um aporte quatro vezes maior do que foi investido nos últimos anos.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela