Plantão Rio Notícias

Estudo mostra impacto da poluição sonora marinha em área costeira do Rio de Janeiro

Enviado em 30 de novembro de 2020 às 22:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Em recente trabalho, pesquisadores do Laboratório de Mamíferos Aquáticos e Bioindicadores, da Faculdade de Oceanografia da Uerj, puderam comprovar os níveis de poluição sonora das regiões da Baía de Guanabara, Baía de Sepetiba e Baía da Ilha Grande. Ao longo de três anos, a paisagem acústica submarina desses locais foi gravada, registrando os sons no ambiente de origem natural, humana, industrial ou tecnológica. O que se pôde comprovar foi o quanto os barulhos produzidos pelo homem interferem no ecossistema marinho. As baías de Guanabara e de Sepetiba apresentam maiores níveis de ruído causados pelo tráfego de embarcações, mas ainda têm algumas áreas acusticamente pouco impactadas e que precisam ser preservadas. Já a Baía de Ilha Grande teve os menores índices, porém foram identificadas tendências de risco de aumento. Os ambientes mais ruidosos geram estresse, afetam toda essa dinâmica e atrapalham não só o dia a dia dessas espécies como a sua própria existência.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela