Plantão Rio Notícias

Fiocruz diz que água verde das lagoas da Barra da Tijuca é tóxica

Enviado em 26 de outubro de 2020 às 18:08 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Um estudo da Fundação Oswaldo Cruz apontou que a água verde das lagoas da Barra da Tijuca, na Zona Oeste, é tóxica. De acordo com a pesquisa, as cianobactérias que se multiplicaram esta semana liberam toxinas prejudiciais aos banhistas e, por isso, parte da orla deveria ser interditada para o banho. Por conta da maré baixa, toda essa quantidade de toxinas vai ao Quebra-Mar e à Praia da Barra da Tijuca, principalmente no trecho do Pepê. Este fenômeno é mais comum no verão, quando o calor acelera a multiplicação das cianobactérias, mas este ano a água esverdeada já apareceu no início da primavera. A Cedae disse que não é responsável por fiscalizar o crescimento desordenado e nem fiscalizar os corpos hídricos. Mas que vem aumentando a cobertura de esgoto na zona oeste.

Por G1

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela