Plantão Rio Notícias

Justiça determina que empresa reative tornozeleiras eletrônicas de presos

Enviado em 27 de maio de 2020 às 14:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

O Tribunal de Justiça decidiu que o serviço de monitoramento dos presos do estado do Rio por tornozeleiras eletrônicas deve voltar a funcionar. Nesta segunda-feira, em represália à falta de pagamento, a empresa Spacecomm Monitoramento suspendeu a fiscalização daqueles que cumprem prisão em regime domiciliar ou aguardam pelo julgamento. De acordo com a empresa, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária teria um débito no valor de R$ 13,5 milhões.Na decisão, a juíza Alessandra Cristina Tufvesson destacou que “a suspensão dos pagamentos feitos pelo Estado à contratada deriva de procedimento administrativo que apura irregularidades na execução do contrato”.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela