Plantão Rio Notícias

Justiça Federal multa CSN e Harsco por descumprir a redução de escória em Volta Redonda

Enviado em 07 de novembro de 2019 às 10:32 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

A Justiça Federal multou a Companhia Siderúrgica Nacional e a empresa metalúrgica Harsco em mais de 10 milhões de reais por descumprirem a liminar de 2018 que determinou a redução do material acumulado no bairro Siderlândia, em Volta Redonda, no Sul do estado. A ação foi movida pelo Ministério Público Federal e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. Além disso, a multa diária aplicada à CSN subiu de R$ 20 mil para R$ 100 mil. A escória é um resíduo do processo de produção do aço na Companhia Siderúrgica Nacional e a Harsco é a empresa responsável pelo beneficiamento desse material. Até o momento, a CSN não se pronunciou sobre o caso. Já a  Harsco informou que já recorreu da decisão.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela