Plantão Rio Notícias

Pesquisa aponta que mais de 84% dos presos preventivos passam mais de 90 dias em reclusão antes do julgamento

Enviado em 18 de dezembro de 2020 às 14:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Um levantamento da Defensoria Pública do Rio de Janeiro apontou que 84,5% dos presos preventivos são mantidos em cárcere por mais de 90 dias, tempo máximo permitido para que haja revisão para a prisão decretada. A manutenção da detenção de pessoas que ainda aguardam julgamento por período acima desse, sem a referida revisão, pode ser considerado ilegal e contribuir para a superlotação das unidades prisionais. As consultas realizadas entre 19 e 26 de outubro apontam que, das 106 pessoas analisadas que receberam liberdade provisória, 63 foram mantidas em cárcere por período maior que o permitido. Já das 189 que ficaram presas até a sentença, 175 foram mantidas em prisão provisória por tempo excedente. Outras 62 pessoas aguardavam o julgamento em detenção.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela