Plantão Rio Notícias

Prefeito Marcelo Crivella oferece Cidade das Artes e outros prédios históricos para ter controle da Linha Amarela

Enviado em 22 de setembro de 2020 às 00:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Apesar de ter assumido a operação da Linha Amarela na quarta-feira passada e suspender a cobrança do pedágio, a prefeitura ainda discute na Justiça com a concessionária Lamsa uma indenização por ter encampado a via. Para ter o controle definitivo, o prefeito Marcelo Crivella ofereceu como garantia ao grupo que explora a Linha Amarela imóveis e terrenos que valem R$ 1,4 bilhão em áreas nobres. A lista inclui a Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, que também é a sede da Riotur. No pacote, constam ainda, entre outros bens, a casa onde morou o senador Afonso Arinos, em Botafogo, e as sedes do Instituto Pereira Passos, em Laranjeiras, e da Rio Urbe, no Humaitá. Terrenos na Barra da Tijuca e no Recreio dos Bandeirantes também estão na lista.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela