Plantão Rio Notícias

Prefeitura do Rio e escolas de samba firmam parceria para confecção de capotes descartáveis

Enviado em 07 de abril de 2020 às 00:25 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Para tentar amenizar o déficit de capote de proteção para os profissionais de saúde, a Prefeitura do Rio firmou uma parceria com costureiras de duas escolas de samba da cidade: Vila Isabel, na Zona Norte, e Unidos de Padre Miguel, Zona Oeste. A RioSaúde, empresa pública municipal, forneceu a matéria-prima, além de máscaras e álcool em gel para a proteção e higienização das mãos. A campanha vai atingir diretamente médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, fisioterapeutas e outras especialidades. Numa unidade hospitalar onde há o tratamento da Covid-19, chegam a ser utilizados dois mil desses capotes por dia – que são parte dos equipamentos de proteção individual.Por ser um material descartável, é necessária a reposição constante dos estoques. Depois de tratar uma pessoa, o profissional tem que usar outro capote para atender o seguinte. Um único paciente pode exigir o consumo de 20 a 40 capotes por dia.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela