Plantão Rio Notícias

Prefeitura terá que gastar mais de R$ 100 milhões por ano para manter a Linha Amarela

Enviado em 29 de setembro de 2020 às 22:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Duas semanas dias depois de o Superior Tribunal de Justiça autorizar a encampação da Linha Amarela, o destino da via expressa parece incerto. Apesar de o tribunal ter passado os 25 quilômetros entre a Ilha do Fundão e a Barra da Tijuca para a prefeitura, o município não assumiu até agora a manutenção da rodovia, um custo que gira entorno de R$ 100 milhões por ano. Mesmo com o fim da cobrança do pedágio, a concessionária Lamsa tem mantido os serviços de reboque, troca de lâmpadas, limpeza, entre outros, na esperança de reverter a decisão judicial. O procurador-geral do Município, Marcelo Marques, escreveu num artigo que o pedágio não será cobrado durante a pandemia. Isso significa que deixará de ser arrecadado com a cobrança dos motoristas, segundo a concessionária, de R$ 700 mil a R$ 1 milhão por dia, de acordo com cálculos da prefeitura.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela