Plantão Rio Notícias

Presidente do Tribunal de Justiça do Rio define que escolas estaduais terão de ter 70% dos funcionários mesmo em greve

Enviado em 14 de agosto de 2020 às 11:25 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

O presidente do Tribunal de Justiça do Rio, Cláudio de Melo Tavares, decidiu que, mesmo que a categoria dos profissionais administrativos da rede estadual de educação entre em greve, pelo menos 70% da categoria precisará estar nas unidades. O objetivo é não atrapalhar o planejamento do retorno às aulas, em meio à pandemia da Covid-19 no estado. Na ação, o governo do Estado afirmou que as aulas presenciais só voltarão quando o Rio estiver no estágio verde de contaminação da doença. Uma audiência de conciliação entre o governo do Estado, o Ministério Público e o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação foi marcada para o dia 1 de setembro. A pena para o não cumprimento dos 70% de profissionais administrativos nas unidades de ensino é de R$ 200 mil diários para o Sindicato.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela