Plantão Rio Notícias

Projeção da UFRJ aponta que fim da quarentena levaria Rio a ter 642 mil casos de coronavírus até setembro

Enviado em 09 de julho de 2020 às 22:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Projeções da UFRJ evidenciam os perigos de um descontrole na retomada das atividades neste momento da pandemia. Especialistas responsáveis pelo painel Covidímetro calculam que a mais recente taxa de reprodutividade da Covid-19 no Estado do Rio estava em 1,43, um risco alto que, estatisticamente, significa que cada doente pode infectar quase uma pessoa e meia. Com base nesse índice, eles estimam que, num cenário de afrouxamento total da quarentena, os casos de coronavírus continuariam subindo por dez semanas, até um novo pico entre o fim de agosto e início de setembro, quando se atingiria um acumulado de 642 mil de sintomáticos. Na cidade do Rio a taxa de contágio mais recente é de 1,42, considerado risco alto, de acordo com a base de dados recebida no último dia 5.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela