Plantão Rio Notícias

Projeto fundamental após crise da geosmina ficará com Inea e ainda não tem prazo de execução

Enviado em 14 de maio de 2020 às 00:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

Enquanto enfrenta a pandemia do coronavírus, boa parte da população do estado pode ganhar um outro motivo de preocupação. A Cedae desistiu de levar adiante um projeto para desviar os rios Ipiranga, Queimados, Cabuçu e Poços da Estação de Tratamento do Guandu. A obra, orçada em R$ 92 milhões, foi anunciada no fim de janeiro, durante a contaminação da água distribuída na Região Metropolitana por geosmina — substância produzida por algas que se proliferam no esgoto. Na época, o governador Wilson Witzel descreveu a intervenção como medida “fundamental” para que o problema não volte a se repetir. Em fevereiro, um edital de licitação para a obra foi publicado no Diário Oficial, mas, no último dia 24, a Cedae comunicou ao Ministério Público do Rio sua revogação. O Palácio Guanabara informou que, agora, é o Instituto Estadual do Ambiente que fará a intervenção.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela