Plantão Rio Notícias

Tribunal de Contas aponta irregularidades entre acordo do governo e laboratório cubano

Enviado em 18 de janeiro de 2019 às 15:55 | Publicado por Equipe Rádio Rio de Janeiro

O Tribunal de Contas da União identificou uma série de irregularidades num contrato de R$ 2,1 bilhões firmado entre o Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz e o laboratório cubano Cimab para produção de medicamento. O acordo previa a transferência de tecnologia do laboratório para o preparo de eritropoietina humana recombinante, usado no tratamento de anemia, na Fiocruz. O contrato foi feito em 2004. Até 2017, a transferência de tecnologia não havia sido concluída. pelos cálculos dos auditores, seriam necessários dois anos e meio para que toda a transferência fosse realizada. Durante a fiscalização, a equipe ainda identificou que os preços cobrados pelo medicamento eram bem mais altos do que era encontrado no mercado.

> Voltar

© Copyright 2018 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela