Sobre a Fundação

O GRITO DE CÓLERA É UM RAIO MORTÍFERO (Gerson Monteiro – Jornal Extra)

Quando tivermos de reclamar isso ou aquilo, devemos sempre esperar que as nossas emoções se mostrem pacificadas, porque um grito de cólera, muitas vezes, tem a força de um punhal, segundo o Benfeitor Espiritual André Luiz. Para comprovarmos que isso é verdade, conhecemos um fato ocorrido com Chico Xavier. Muita gente aglomerava-se em torno de Chico, e como ele sempre fazia, abraçava um, dirigia a palavra a outro, quando se aproximou dele uma jovem senhora, reclamando de forte dor de cabeça.

Chico a ouviu atentamente e convidou-a a sentar-se na assistência para ouvir a palestra que seria feita por um companheiro do Grupo Espírita da Prece. Depois da meia-noite, terminada a reunião, a senhora que reclamara da dor de cabeça achegou-se ao médium, com a fisionomia radiante e feliz, informando-lhe que a dor de cabeça cessara nos primeiros minutos da palestra. Chico Xavier sorriu docemente, despedindo-se dela com carinho, e instantes depois, explicou o porque da dor de cabeça e como ela foi socorrida.

Chico, disse então, que seu Guia Espiritual Emmanuel esclareceu que aquela senhora teve em sua casa uma discussão muito forte com o marido, chegando quase a ser agredida fisicamente. O marido desejou dar-lhe uma bofetada e não o fez por recato natural. Contudo, agrediu-a vibracionalmente, provocando uma concentração de fluidos deletérios que lhe invadiram o aparelho auditivo, causando a dor de cabeça.

Porém, ao começar a palestra o Espírito Bezerra de Menezes colocou a mão sobre a cabeça da senhora, e nessa hora Chico viu sair de dentro de seu ouvido um cordão fluídico escuro que produzia a dor. “Eu estava psicografando, mas, orientado por Emmanuel, pude acompanhar todo o fenômeno”. Néio Lúcio, também, pelo médium, diz que: “o grito de cólera é um raio mortífero, que penetra o círculo de pessoas em que foi pronunciado e aí se demora, indefinidamente, provocan­do moléstias, dificuldades e desgostos”. Lembremos do que disse Jesus: “Bem-aventurados os mansos e pacíficos porque eles herdarão a Terra.

Gerson Simões Monteiro

Vice-Presidente da FUNTARSO

e-mail: gerson@radioriodejaneiro.am.br

> Voltar

© Copyright 2015 - Rádio Rio de Janeiro

Tsuru Agência Digital
Desenvolvido pela